Início do conteúdo

03/09/2020

Fiocruz Brasília lança nova série de podcasts sobre luto

Nayane Taniguchi


Em tempos de pandemia de Covid-19, a dor do luto não se restringe aos familiares das mais de 115 mil pessoas mortas pela doença. O luto atravessa toda a população, de acordo com a psicóloga Elaine Alves, doutora e pós-doutora com ênfase em perdas e lutos, emergências e desastres pela Universidade de São Paulo, convidada para a nova série de podcasts do Viralizados: Conviver com o Luto, uma produção da Fiocruz Brasília, lançada nesta quarta-feira (2/9) pela instituição, disponível nas plataformas de streaming (Spotify, Deezer, Soundcloud).

Na nova série, a psicóloga destaca a importância de se falar sobre luto e morte, a intensidade do luto, o luto no contexto da pandemia de Covid-19, o processo do luto, a perda vivida por pais e crianças, as consequências das mudanças nos ritos de despedida, entre outros. Nos episódios, a psicóloga ressalta a importância de se viver o luto intensamente, por ser necessário e saudável. “Como você pode amar uma pessoa durante toda a sua vida e depois de quinze dias estar bem? Estamos em um momento em que as pessoas são intolerantes com o sofrimento e esse é o aprendizado que nós temos”, diz.

Segundo Elaine, se a pessoa fica um determinado tempo em tristeza profunda, as outras já afirmam ser depressão. “Precisamos autorizar o sofrimento. O que é o luto? O luto é o preço do amor. O luto é o que pagamos por amar”, defende. A série de podcasts Conviver com o luto também estará disponível nas redes sociais da Fiocruz Brasília (Instagram e Facebook) e na página especial Coronavírus, disponível no site da instituição.

Voltar ao topo Voltar