Início do conteúdo

17/09/2021

Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina ganha prêmio da Opas

Vanessa Cancian (Comunicação OTSS)


A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e o Ministério da Saúde anunciaram o resultado da 1ª Mostra de Experiências em Saúde Ambiental. Entre as experiências selecionadas está o Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS), uma parceria entre a Fiocruz e o Fórum de Comunidades Tradicionais de Angra dos Reis, Paraty e Ubatuba (FCT).

A 1ª Edição da Mostra recebeu a inscrição de um total de 86 experiências, das quais 30 foram selecionadas para compor uma publicação da Opas/OMS. Os autores dos trabalhos selecionados em primeiro lugar, de cada linha temática, também foram convidados a apresentar sua experiência na 1ª Mostra de Experiências em Saúde Ambiental, em comemoração ao Dia Mundial da Saúde Ambiental. Essa celebração fará parte da abertura do 3º Seminário Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental, em 27 de setembro. 

O OTSS

Criado a partir de uma parceria entre a Fiocruz e o Fórum de Comunidades Tradicionais de Angra dos Reis, Paraty e Ubatuba (FCT), o Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS) é um espaço tecnopolítico de geração de conhecimento crítico, a partir do diálogo entre saber tradicional e científico, para o desenvolvimento de estratégias que promovam sustentabilidade, saúde e direitos para o bem viver das comunidades tradicionais em seus territórios.

Com o apoio da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec), o OTSS atua em territórios indígenas, quilombolas e caiçaras de Angra dos Reis, Paraty e Ubatuba nas áreas de saneamento ecológico, agroecologia, turismo de base comunitária (TBC),promoção da saúde, educação diferenciada, justiça socioambiental, cartografia social, incubação de tecnologias sociais e monitoramento territorializado da Agenda 2030. 

Para saber mais sobre as realizações e prioridades do OTSS para 2021, clique aqui

Voltar ao topo Voltar