Início do conteúdo

14/12/2018

Fiocruz lança coleção temática sobre saúde e meio ambiente

Daniela Rangel (Agência Fiocruz de Notícias)


A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) lançou uma série de coleções temáticas, chamada Documentos Institucionais, em evento realizado na área do Castelo Mourisco, no dia 12 de dezembro. A primeira coleção tem como tema Saúde, Ambiente e Sustentabilidade. O organizador da obra, o pesquisador da Fiocruz Guilherme Franco Netto, explicou que o processo de organização do material foi um trabalho de várias instituições e envolveu cerca de 400 pessoas.

Processo de organização do material foi um trabalho de várias instituições e envolveu cerca de 400 pessoas (foto: Gutemberg Brito, IOC/Fiocruz)

 

“A série é importante não só por seu conteúdo, pelo produto, mas pelo processo de três anos até a conclusão dos cadernos”, disse o pesquisador. Guilherme Netto ressaltou a importância do tema meio ambiente e saúde para os dias atuais: “A publicação tem valor estratégico fundamental frente aos desafios territoriais a serem enfrentados, em nível global e regional”.

A coleção é composta por oito cadernos: Histórico e Governança, Agrotóxicos e Saúde, Biodiversidade e Saúde, Clima, Saúde e Cidadania, Grandes Empreendimentos e Impactos sobre a Saúde, Saneamento e Saúde, Saúde dos Povos e Populações do Campo, da Floresta e das Águas e Saúde do Trabalhador. “É uma inovação no modelo de disseminação do conhecimento”, celebrou Guilherme Netto.

Coleção 'Documentos Institucionais' é composta por oito cadernos (foto: Gutemberg Brito, IOC/Fiocruz)
 
 

Para o vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz, Marco Antonio Menezes, os documentos foram lançados em um momento importante para a saúde coletiva no Brasil: “A série reforça o papel político da Fundação a partir da livre produção do conhecimento a partir de evidências científicas”. Já a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, reforçou que a instituição tem pioneirismo em colocar a área de meio ambiente na saúde coletiva. 

“Essa série de publicações vai para além de registrar a história, é uma memória institucional, mas também abre discussões para os tempos presente e futuro”, afirmou Nísia. Ao final do evento, quatro ex-vice-presidentes da área de meio ambiente e saúde foram homenageados: Fernando Dias Pires, que aproveitou a ocasião para fazer uma doação ao acervo da Fiocruz de documentos da Eco 92, Maria Cecília de Souza Minayo, Ary Carvalho de Miranda e Valcler Rangel.

Voltar ao topo Voltar