Início do conteúdo

02/03/2021

Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz


Em 2021:

Boletim indica adoção de medidas rígidas para bloqueio da Covid-19 (23/3)
Principais recomendações apontadas pelo Observatório Covid-19 Fiocruz são a restrição das atividades não-essenciais por cerca de 14 dias, para redução de aproximadamente 40% da transmissão, e o uso obrigatório de máscaras por pelo menos 80% da população

 

Observatório Covid-19 aponta maior colapso sanitário e hospitalar da história do Brasil (16/3)
Boletim chama atenção para situação extremamente crítica no país: 24 estados e DF estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS iguais ou superiores a 80%, sendo 15 iguais ou superiores a 90%

 

Brasil apresenta pior cenário desde início da pandemia (11/3)
Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz destaca que o Brasil se encontra entre os países com os piores indicadores. País totaliza 11.122.429 de casos e 268.370 de óbitos, o que corresponde a 9,5% e 10,3% do total global

 

Observatório Covid-19 alerta para situação crítica na Saúde nos estados e municípios (9/3)
Em edição extraordinária do Boletim, o Observatório Covid-19 Fiocruz publica série histórica atualizada sobre ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS), com dados obtidos nesta segunda-feira (8/3)

 

Série histórica de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS (4/3)
A série histórica agora apresentada é um documento complementar ao boletim extraordinário do Observatório, divulgado nesta quarta-feira (3/3), sobre o agravamento da pandemia

 

Nota técnica aponta agravamento da pandemia (2/3)
Segundo edição especial do Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz, cenário alarmante representa apenas a ponta do iceberg de um patamar de intensa transmissão no país. Conjuntura apontada reforça necessidade de adoção ampla de medidas não-farmacológicas

 

Boletim destaca aumento de óbitos e taxa de ocupação de leitos no Brasil (26/2)
Brasil acaba de bater recorde de número de óbitos por dia, com mais de 1,5 mil mortes (25/2). De acordo com dados apurados, as taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos revelam o pior cenário já observado

 

Transmissão em padrões elevados (5/2)
De 17 a 30/1, o Brasil registrou uma média diária de 51 mil casos e de 1.050 óbitos por dia. Nenhum estado apresentou tendência de queda em óbitos. Em cinco deles (Acre, Amazonas, Roraima, Ceará e Paraná) houve aumento significativo do número de mortes 

 

Nenhum estado apresenta tendência de queda na mortalidade (22/1)
Primeiro Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz de 2021 aponta que cenário nacional ainda é preocupante e merece muita atenção, já que nestas primeiras semanas epidemiológicas nenhum estado apresentou tendência de queda de incidência ou mortalidade

 

Balanço da pandemia no Brasil em 2020 (13/1)
Primeira edição de 2021 do Boletim do Observatório Covid-19 Fiocruz traça um panorama da pandemia no Brasil ao longo das semanas epidemiológicas de 2020. Análise inicia na semana epidemiológica 9, que abrange a data do primeiro caso de Covid-19 no país

 

 

Em 2020:

Boletim ressalta estratégias para trabalhadores da saúde (23/12)
Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que, na pandemia, os trabalhadores da saúde têm enfrentando condições extremamente desafiadoras com elevados riscos de adoecimento e morte em várias ocasiões

Boletim Fiocruz Covid-19 traz recomendações para prefeitos (14/12)
A publicação alerta que, nos próximos meses, a busca por assistência especializada, principalmente internações hospitalares e em UTIs, pode aumentar nas regiões metropolitanas e no interior

Boletim aponta alta no número de casos e óbitos por Covid-19 (26/11)
Esse cenário se refletiu na elevação da taxa de ocupação de leitos UTI para o tratamento da doença. No entanto, os pesquisadores do Observatório sugerem cautela quanto a afirmar que o Brasil vive uma 'segunda onda'

Covid-19: novo Boletim alerta para desafio das subnotificações (16/11)
Análise do Observatório Covid-19 chama atenção para limites em infraestrutura que podem resultar em subnotificações e defasagem de registros em sistemas de informações, resultando em tomadas de decisões baseadas em informações insuficientes ou imprecisas

Boletim traz análise de seis meses da pandemia no Brasil (16/10)
Realizada por uma equipe multidisciplinar de pesquisadores da Fundação, a investigação abrange os principais aspectos relacionados à Covid-19, sejam esses sociais, econômicos, estruturais ou epidemiológicos

Leitos Covid-19: município do Rio e Goiás seguem na zona crítica (25/9)
Boletim Observatório Fiocruz Covid-19 mostra que, entre 7 e 21 de setembro, o cenário geral manteve melhora na ocupação de leitos, com exceção para o município do Rio, que permanece na zona crítica, com 86% dos seus leitos de UTI Covid-19 preenchidos

Covid-19: Boletim indica permanência de alta letalidade no Rio (12/9)
Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz relativo às semanas epidemiológicas 35 (23 a 29 de agosto) e 36 (30 de agosto a 5 de setembro) aponta que esse cenário pode indicar falhas na atenção primária e vigilância epidemiológica no estado

Covid-19: número de óbitos e casos ainda é alto, diz boletim (27/8)
O Boletim mostra que a pandemia mantém um padrão de estabilidade com um número alto de óbitos e casos por Covid-19. Segundo a análise, durante esse período o país vem apresentando uma média de mil mortes por dia

Pandemia apresenta níveis críticos na maior parte dos estados (13/8)
Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz indica que disponibilidade de leitos de UTI para Covid-19 vem se mostrando uma questão menos crítica no país. No entanto, estados como Tocantins, Santa Catarina, Goiás e o DF ainda se encontram em alerta máximo

Observatório Covid-19: Taxas seguem altas em alguns estados (1/8)
Boletim mostra que, na semana epidemiológica de 19 a 25 de julho, as maiores taxas de incidência de Covid-19 foram observadas em Rondônia, Roraima, Amapá, Sergipe, Mato Grosso e no Distrito Federal

Fiocruz lança Boletim do Observatório Fiocruz Covid-19 (20/7)
Iniciativa tem como objetivo apresentar dados, de forma clara e didática, da situação dos estados brasileiros e DF, em relação ao cenário epidemiológico da SRAG e da Covid-19, assim como da capacidade do sistema de saúde para o enfrentamento da pandemia

Covid-19: Boletim do Observatório Fiocruz traz indicadores-chave (15/7)
Com indicadores estratégicos para a tomada de decisão em relação ao cenário epidemiológico de SRAG e de Covid-19, o Boletim do Observatório Fiocruz Covid-19 apresenta dados, de forma clara e didática, da situação dos estados brasileiros e do DF

Observatório Covid-19 reúne informações para subsidiar respostas (8/4)
Iniciativa da Fiocruz oferece dados (a partir do desenvolvimento de análises integradas, tecnologias, propostas e soluções) que podem contribuir de forma direta para o enfrentamento da pandemia pelo SUS e pela sociedade brasileira

Covid19

Mais notícias

Na Fiocruz

Mais notícias

Voltar ao topo Voltar